A volta do Planet Hemp ao estúdio. Na hora e no momento certo

Postado por 21/07/2019

A atemporalidade sempre foi marca registrada do Planet Hemp. Seja na estética sonora, na atitude ou, infelizmente, nos assuntos que rondam cada época que os caras viveram. A fusão quente entre Rock, Rap, Samples, Reggae e qualquer outro rítmo urbano que der na telha dos caras, junto com todos os assuntos que revoltam os integrantes da banda fazem com que o Planet se torne uma banda que atravessa os tempos e seja uma pedra no sapato dos porcos fardados que comandam o Brasil.

Wilmore Oliveira

Após 20 anos sem lançar músicas novas, o Planet decidiu se reunir novamente em estúdio para criar uma obra que retrate o momento obscuro que vivemos atualmente. Marcelo D2, BNEGÃO, Formigão, Pedro e Nobru Pederneiras vão passar 10 dias enfurnados na Bahia gravando o seu mais novo álbum, ainda sem nome mas que será lançado ainda esse ano.

““Vamos passar uns 10 dias gravando na Bahia. Vamos produzir esse disco. Estamos num momento político, econômico e social no país que envolve exatamente a temática do Planet e temos que escrever sobre isso”, conta Marcelo D2 sobre o que podemos esperar do que vem por aí.

É engraçado imaginar como deve ser o sentimento dos caras gravando um novo álbum hoje. Não sei se, há 20 anos atrás, D2 e BNEGÃO tinham a verdadeira esperança que a violência policial, a discussão sobre a legalização da maconha ou o momento político daquela época seriam melhores, mais bem discutidas ou solucionados 20 anos depois. A montanha russa de avanços e retrocessos desde aquela época foi tão grande que, provavelmente, eles devam estar se sentindo tão famintos por gritar as suas verdades quanto em 1999 quando lançaram “A Invasão do Sagaz Homem Fumaça”.

Mais maduros e calejados, sabendo o que conquistaram e a luta que ainda está por vir. Juntando todos os seus talentos e o tempero que o momento social e político brasileiro vivem, é muito provável que mais um álbum clássico do Planet invada os nossos ouvidos.

*Foto Wilmore Oliveira

*Errata: O guitarrista atual do Planet é o Nobru Pederneiras.

 

O Peso que Djonga Carrega

Por Matheus Iéti 15/04/2021

O disco “Nu”, de Djonga, já está na pista há um mês. É o quinto da sua carreira e brotou pra continuar o legado tradicional que o rapper mineiro vem trilhando dentro da arte. Pedro Bonn foi direto na análise que disponibilizamos no nosso Instagram. Com certeza os principais acertos dentro do projeto são suas […]

Guia completo sobre POSS

Por Pedro Bonn 08/02/2021

Um conteúdo completo sobre a maior movimentação artística brasileira dos últimos anos (TESTE) TESTE

Assertividade: CHS Lança o Seu Novo Álbum “Tudo Pode Acontecer”

Por Matheus Iéti 04/05/2020

“Tanto faz o que ‘cê faz da vida, objetivo vai ser sempre um, dar conforto pra minha família meu patrão, não acredito em nenhum…” Assim CHS abre seu novo projeto oficial –  Tudo pode acontecer – (2020) Pirâmide Perdida. Contextualizando: Se você não está familiarizado com o rapper, posso te apresentar algumas faixas importantes ao longo de sua […]

A indústria da música precisa do The Weeknd

Por Matheus Iéti 17/04/2021

Não é como se Abel Makkonen Tesfaye A.K.A The Weeknd fosse apenas um cantor pop que a cada lançamento arrasta multidões. A linguagem em todos os projetos, desde Echoes of Silence e Thrusday (2011) ou até mesmo Trilogy (2012) são marcados por uma linguagem suja e totalmente desproporcional ao que é vendido pela indústria dos […]