Comercial Skol

Postado por 29/03/2017

Ter formação em comunicação me fez entender de dentro, de que forma e por que meios a propaganda nos direciona a determinadas formas de consumo e de comportamento. Toda a minha trajetória dentro da academia sempre foi questionadora e crítica – a chamada problematizadora – os trabalhos, apresentações, seminários e até mesmo meu tcc foi colocando o dedo na ferida e fazendo apontamentos pela forma como a publicidade usa de seu poder e influência para estigmatizar e reforçar estereótipos.

Lembro bem que lá no por volta do segundo período tive que fazer um trabalho onde a proposta era pegar um case de uma propaganda de sucesso e analisá-lo. Peguei os cases de empresas que reforçavam estereótipos raciais como a Cerveja Devassa – Mulher negra objetificada -, Azeite Borges – O homem negro é sempre o segurança – e por último mas não menos preocupante, a Caixa Econômica Federal – ao embranquecer Machado de Assis em vídeo de divulgação.

Sim, a problematizadora. Mas saber elogiar também é válido.

Eu, que nunca fui consumidora de cervejas, fiquei surpresa e bastante feliz pela iniciativa da Skol em sua última campanha “ Redondo é sair do seu passado”, onde foram convidadas 6 ilustradoras para recriar pôsteres antigos sob um novo olhar: atual, diversificado e libertador.

Vamos as Ilustradoras:

Eva Uviedo, argentina radicada em São Paulo, é ilustradora de livros e colaboradora de revistas e jornais.

Criola é artivista negra, grafiteira e ilustradora, tem um trabalho que resgata a importância da identidade da mulher negra brasileira.

Camila do Rosário, é gaúcha, largou o curso de moda para se dedicar totalmente às artes, suas ilustrações já saíram em diversas publicações, participou de várias exposições coletivas e atualmente tem um ateliê no Rio de Janeiro.

Elisa Arruda, nascida em Belém a artista é graduada e pós-graduada em design e possui em grupo de 150 desenhos em nanquim que constituem a série “Essa é você”.

Manuela Eichner, artista visual formada em escultura, produz vídeos, performances, oficinas colaborativas, estampas, ilustrações e colagens tridimensionais.

Carol Rossetti é designer e ilustradora, possui 2 projetos autorais, o “Mulheres” e “Cores” que ganharam bastante repercussão na rede.

Update: Não poderia deixar de falar sobre o trabalho poderoso de Evelyn Negahamburguer, ilustradora e grafiteira, criadora do projeto Beleza Real, que retrata mulheres reais e seus desejos de viverem simplesmente como são, sem padrões e com respeito.

E com um adendo, a marca abriu precedente para qualquer um que ver uma peça antiga, informá-la que ela fará a troca por um Reposter novinho em folha.

Sem ingenuidades, sabemos que o mercado é flexível às demandas e que se adequa para não perder consumidores, porém é importante reconhecer que foi através de diálogo e de novas proposições dos movimentos sociais que um caminho de mudança, dentro do campo da comunicação, está sendo trilhado.

Imagem: Banners das ilustradoras e grafiteiras Evelyn Negahamburguer e Criola.

Guia completo sobre POSS

Por Pedro Bonn 08/02/2021

Um conteúdo completo sobre a maior movimentação artística brasileira dos últimos anos (TESTE) TESTE

Assertividade: CHS Lança o Seu Novo Álbum “Tudo Pode Acontecer”

Por Matheus Iéti 04/05/2020

“Tanto faz o que ‘cê faz da vida, objetivo vai ser sempre um, dar conforto pra minha família meu patrão, não acredito em nenhum…” Assim CHS abre seu novo projeto oficial –  Tudo pode acontecer – (2020) Pirâmide Perdida. Contextualizando: Se você não está familiarizado com o rapper, posso te apresentar algumas faixas importantes ao longo de sua […]