Produção e Fotografia – Conheça: Sancho

Postado por 09/07/2020

Nas últimas semanas troquei idéia com quatro fotógrafos e descobri diferentes perspectivas de produção de conteúdo, olhar e, principalmente, de estilo na fotografia de rua. 

Quanto mais o tempo passa mais percebemos a imensidão da criatividade e como ela é colocada em prática nos diferentes cantos da cidade, não sendo diferente com o Sancho que é cria da Baixada Fluminense.

Sancho é de Duque de Caxias e começa citando sua avó como uma persona importante em sua formação pelos papos e sabedoria que lhe passou durante seu crescimento. Outra pessoa importante é sua mãe, a “Mestrona” Susana, que sempre deu muita força e apoio em seus trabalhos. Uma familiar importante que ele também me conta é Martha sua tia que lhe deu suporte para comprar sua primeira câmera. 

Sancho começou a fotografar em 2015 na Roda de Rima Egrégora período que destravou sua arte. Sua vivência mais profunda no processo se deu início no Breaking justamente pela infinidade de perspectivas dentro dos movimentos, sendo algo que o coloca em prova para desconstruir tanto novos trabalhos quanto suas ideias.

Como de costume venho perguntando para os fotógrafos presentes nessa fase do Radar momentos importantes que não podem deixar de ser contados. Quando o indaguei, ele disse:

“O dia que fotografei um vandal em bancos e concessionária e fomos parados na linha vermelha pela PM e gastamos umas ideia pra sair fora hahahaha.”

Quando quis saber sobre a experiência de fotografar diferentes artistas ele me falou:

 

“É  muito importante essa colaboração com outros artistas, expandir nosso relacionamento social. Essas collabs nos valorizam, novas pessoas passam a conhecer a nossa vivência e baseado em como você se relaciona algo que é primordial para a arte e para a vida.  Existem muitos artistas que têm uma vivência muito parecida e história incríveis que precisam ser contadas”.

 

Atualmente Sancho está na produção do filme para o Jamaicaxias. Ele também vem desenvolvendo um projeto com dois artistas interessantes, Emcee Lê e o PH Kbrum que já passou por nossas publicações na AUR,. 

Além desses dois projetos Sancho vem montando um mapeamento em parceria com Naiara Camargo e têm experimentado diferentes olhares dentro da fotografia em seu perfil do instagram.

Fotos por Hanier Ferrer

O Peso que Djonga Carrega

Por Matheus Iéti 15/04/2021

O disco “Nu”, de Djonga, já está na pista há um mês. É o quinto da sua carreira e brotou pra continuar o legado tradicional que o rapper mineiro vem trilhando dentro da arte. Pedro Bonn foi direto na análise que disponibilizamos no nosso Instagram. Com certeza os principais acertos dentro do projeto são suas […]

Guia completo sobre POSS

Por Pedro Bonn 08/02/2021

Um conteúdo completo sobre a maior movimentação artística brasileira dos últimos anos (TESTE) TESTE

Assertividade: CHS Lança o Seu Novo Álbum “Tudo Pode Acontecer”

Por Matheus Iéti 04/05/2020

“Tanto faz o que ‘cê faz da vida, objetivo vai ser sempre um, dar conforto pra minha família meu patrão, não acredito em nenhum…” Assim CHS abre seu novo projeto oficial –  Tudo pode acontecer – (2020) Pirâmide Perdida. Contextualizando: Se você não está familiarizado com o rapper, posso te apresentar algumas faixas importantes ao longo de sua […]

Rico além do dinheiro: Filipe Ret e Imaterial

Por Matheus Iéti 26/04/2021

Depois de Audaz (2018), álbum que encerra uma trilogia muito consistente dentro do rap, que ainda conta com Vivaz (2012) e Revel (2015), Ret mostrou um crescimento fora da curva. Diferentemente do caminho que trilhou em seus três primeiros projetos, que somados a mixtape Numa Margem Distante (2009) fundamentaram sua carreira, o rapper entra em […]

Conheça Bryan AVS

Por Matheus Iéti 26/04/2021

Sempre que um nome interessante surge no nosso radar, buscamos saber suas inspirações e o que levou esse artista a construir pontes com o público. Hoje vamos falar de Bryan AVS: DJ e produtor que acaba de anunciar seu segundo projeto, a mixtape “Peças”. Sobre vida, arte e primeiras produções: “A arte está na minha […]

A indústria da música precisa do The Weeknd

Por Matheus Iéti 17/04/2021

Não é como se Abel Makkonen Tesfaye A.K.A The Weeknd fosse apenas um cantor pop que a cada lançamento arrasta multidões. A linguagem em todos os projetos, desde Echoes of Silence e Thrusday (2011) ou até mesmo Trilogy (2012) são marcados por uma linguagem suja e totalmente desproporcional ao que é vendido pela indústria dos […]