Lendo agora
O retorno de uma era: D2 marca a volta do Circo Voador.

O retorno de uma era: D2 marca a volta do Circo Voador.

Em uma sequência de 3 shows, Marcelo D2 chega em grande estilo reinaugurando a lona mais famosa do Rio de Janeiro. 

Amar é para os fortes e Assim tocam MEUS tambores são os dois últimos trabalhos do rapper e diretor Marcelo D2. Ter a experiência de lançamento do seu último projeto, todo realizado dentro de casa, via Twitch, em um show incrível na Lapa, centro da boemia carioca e do hip hop do Rio de Janeiro nos mostra que os tempos difíceis continuam, mas a sensação de otimismo por dias melhores chega cada vez mais forte.  

O Circo Voador é um espaço tradicional do Rio de Janeiro, com quase 40 anos de história a casa passou por um período sombrio durante a pandemia, que é sempre bom lembrar que não terminou mas com a diminuição no número de casos e os decretos para a viabilização dos espaços, tivemos a notícia do aguardado calendário de shows de retorno que você pode ler aqui: O Hip Hop em festa: Circo Voador anuncia D2, BK’ e Djonga em seu retorno

O show foi completo, com sua esposa Luiza Machado e seu filho Sain na contenção o ambiente que já é familiar por si só passou ao público uma sensação de aconchego, carinho e muita adrenalina em cada clássico cantado, reproduzido junto de uma das melhores bandas do Brasil que acompanham D2  por tanto tempo.

Pessoalmente eu já tive a oportunidade de presenciar dezenas de shows do artista, cada um em uma fase do rapper em diferentes lugares do Brasil com energias e propostas diferentes, mas se existe um sentimento que pode ser universal no show do Marcelo eu diria que com certeza é o espírito jovem, o fôlego interminável e a energia de um dos maiores artistas que esse país já presenciou.

Por falar em contenção, Sain e todo o time ali reunido chegaram nos três dias com gás e muita disposição para fazer acontecer, o que nos remete ao que o hip hop realmente representa, o sentimento  de coletividade, novidade, força e resistência, a arte do barulho.

Veja também

Esse retorno com certeza ficará marcado em nossas memórias e que o Vol.2 do Assim tocam os MEUS tambores seja tão marcante quanto o primeiro, dê boas vindas aos crias de todo o Brasil, respeitando a arte e o sentimento de auto estima que só  o rap pode proporcionar.

Todos os cliques foram feitos por Rafael Rodrigues (@ilovemyanalog)

Ver comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.


© 2021 POTÊNCIA CULTURAL. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.