Abstract Orchestra

Postado por 18/07/2017

Eu tenho adoração por big bands. Quando elas misturam sons urbanos nas suas personalidades, soa quase tudo perfeito. Abstract Orchestra é uma big band de Leeds, cidade no interior da Inglaterra e é liderada por Rob Mitchel, saxofonista e amante da cultura Hip Hop. Complexas harmonias jazzísticas são acompanhadas de samples comuns de rap, fazendo o som da banda ser gigante e simples ao mesmo tempo.

A foto dessa resenha é a capa do ultimo trabalho deles que presta uma justa homenagem a um dos maiores produtores musicais da cultura Hip Hop de todos os tempos: J. Dilla. Releituras de produções da época do Slum Village e de sua carreira solo são destacadas com maestria pela banda que abusa dos sons orgânicos de metais, bateria e baixo e que faz a mente da gente viajar se imaginando num show deles.

Nenhuma big band por mais talentosa e numerosa que seja chegará aos pés do que J. Dilla conseguiu fazer e revolucionar usando somente uma MPC. Esse tipo de homenagem justa e bem feita (assim como já fez o lendário The Roots) serve para mais uma vez mostrar como a forma prática e direta de se fazer música dentro do Hip Hop se torna uma genuína forma de arte real, feita por artistas reais. Ainda tem gente que duvida disso.

Escute abaixo:

Arte: Bandcamp

Guia completo sobre POSS

Por Pedro Bonn 08/02/2021

Um conteúdo completo sobre a maior movimentação artística brasileira dos últimos anos (TESTE) TESTE

Assertividade: CHS Lança o Seu Novo Álbum “Tudo Pode Acontecer”

Por Matheus Iéti 04/05/2020

“Tanto faz o que ‘cê faz da vida, objetivo vai ser sempre um, dar conforto pra minha família meu patrão, não acredito em nenhum…” Assim CHS abre seu novo projeto oficial –  Tudo pode acontecer – (2020) Pirâmide Perdida. Contextualizando: Se você não está familiarizado com o rapper, posso te apresentar algumas faixas importantes ao longo de sua […]