A Jornada – O Filme

Postado por 29/03/2018

A Jornada é a parte visual do Álbum Trilogia do Amor – Parte 1 do músico e pianista Jonathan Ferr e se baseia na canção “Luv is the way”.

O curta – clip afrofuturista conta a história de ONA, um jovem negro que encontra em AYE, o amor e o sentido de sua existência. A Jornada de ONA está ameaçada por ALAISAN, cujo olhar é a própria manifestação da maldade. O curta se passa em eras diferentes, apresentando uma África mítica e imaginária que ora é passado e futuro, ora é sonho e realidade, abençoada pela Rainha de IYA.

O curta – clip possui questões que permeiam o nosso tempo, é a junção de passado e presente desenhando possibilidades de futuro outros que não somente aqueles imaginados para nós, mais sim imaginado por nós.

Li uma frase uma vez da qual não recordo a autoria, mas cabe muito para a proposta que A Jornada se propõe: “Você não pode imaginar o que não conhece” e conhecer outras possibilidades de ser e estar presente no mundo, enquanto corpos negros, nos permite agarrar toda a potencialidade que nos cabe, contar as nossas histórias, exibir as nossas narrativas e sermos protagonistas daquilo que até bem pouco tempo, eram os outros que contavam por nós.

O filme estreia no Rio de Janeiro, dia 03 de abril no Cinema Nosso, Lapa.

Segue a ficha técnica completa:
ELENCO
Bruno Silva
William Tolbert B.
Ana Paula Patrocinio
Isa Oliveira
Rubens Barbot

Direção: Jonathan Ferr
Roteiro: Quesia Pacheco
Direção de produção: Erika Candido
Assistente de produção : Leandro Vieira
Produção Executiva : Jonathan Ferr/ Tânia Artur / Neon Entretenimento
 
1 º Assistente de Direção : Erika Candido
2 º Assistente de Direção : Beny Cazim
Figurino: Marah Silva
Produção de figurino : Quesia Pacheco
Direção de Fotografia/ Câmera: Luis Gomes
Assistente de Câmera/Fotografia: Flávio Cabral
 
Direção de Arte: Quesia Pacheco
Assistente de arte e Figurino: Victor Cantuaria
Direção de arte na locação Terreiro Contemporâneo : Gatto Larsen e Rubens Barbot
Pintura corporal : Rphel Cruz
Maquiagem : Isabelle Freitas
Still / Making of : Victor Hugo
Motoristas – Alex Sanots / Paulo Jorge
 
Edição – Beny Cazim / Cazim Filmes
Pós Produção : Cazim Filmes/ Neon Entretenimento
Colorista : Marcos Reis
Designer gráfico/Logo/ Artes gráficas : Jesus Paixão
Diretora de comunicação: Karina Vieira
 
MÚSICA
“Luv is the Way ” by Ferr
Piano/Rhodes/Synths : Jonathan Ferr
Talk Box : Donatinho
Voz: Alma Thomas
baixo: Facundo Estefanell
Bateria: Caio Oica
Engenheiro de gravação/ Mixagem: Vini Machado
 
Gravado no studios:
Estúdio 496 Santa Teresa
Synth Love
 
“Why are you crying?” by Ferr
Piano e arranjos de cordas: Jonathan Ferr
Voz : Mariana Milani
Engenheiro de gravação/ Mixagem: Vini Machado
 
Produção musical : Jonathan Ferr e Vini Machado

Guia completo sobre POSS

Por Pedro Bonn 08/02/2021

Um conteúdo completo sobre a maior movimentação artística brasileira dos últimos anos (TESTE) TESTE

Assertividade: CHS Lança o Seu Novo Álbum “Tudo Pode Acontecer”

Por Matheus Iéti 04/05/2020

“Tanto faz o que ‘cê faz da vida, objetivo vai ser sempre um, dar conforto pra minha família meu patrão, não acredito em nenhum…” Assim CHS abre seu novo projeto oficial –  Tudo pode acontecer – (2020) Pirâmide Perdida. Contextualizando: Se você não está familiarizado com o rapper, posso te apresentar algumas faixas importantes ao longo de sua […]